Boi: mercado segue pressionado

20/01/2023

O mercado físico do boi gordo voltou a apresentar queda em suas cotações no decorrer desta quinta-feira (19). Os frigoríficos ainda operam com escalas de abate confortáveis, posicionadas entre cinco e sete dias úteis em média.

De acordo com o analista de Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias, a pressão é maior no Centro-Norte do país. Os pecuaristas ainda contam com boa capacidade de retenção no momento, consequência da boa condição das pastagens. O fato é que após as notícias envolvendo Indonésia e China as negociações travaram, com o pecuarista retraído, principalmente em São Paulo.

Em relação à China, as informações citadas pelo Ministro da Agricultura indicam para a habilitação de oito plantas frigoríficas após o feriado de ano novo lunar. Diferente da Indonésia, essa notícia tem maior capacidade de afetar a formação dos preços no curto e médio prazo.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/noticias/pecuaria/boi-mercado-do-boi-gordo-segue-pressionado/

Contato