‘É preciso estar preparado para tirar o melhor proveito das boas tecnologias’

16/08/2022

O setor rural busca cada vez mais o aumento de produtividade, técnicas inovadoras no campo e ainda tenta prezar pela sustentabilidade. Essas demandas se tornam um catalisador do desenvolvimento das startups para o agronegócio.

Com o contexto econômico e tecnológico mudando a todo momento, essas empresas se tornam empreendimentos cheios de inovação dentro do meio rural.

O Direto ao Ponto desta semana recebeu o diretor-executivo do Instituto AgriHub, Otávio Celidonio, que falou sobre o trabalho da instituição.

Parte do Sistema Famato, o AgriHub iniciou as atividades como um projeto do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) e Senar-MT. Em 2020, tornou-se uma nova instituição sem fins lucrativos.

Atualmente os projetos são divididos com o Senar-MT, que mantém a parte de difusão e tecnologia com foco em ajudar o produtor a escolher a melhor solução para sua propriedade.

Celidonio afirma que as soluções trazem informação para que o produtor possa tomar uma decisão.

?Por mais que a tecnologia seja boa, os produtores dependem de pessoas capacitadas para tirar o melhor proveito. Então é preciso de capacitação e esse é um dos maiores gargalos no avanço da tecnologia. Tem muita tecnologia boa, mas às vezes o produtor ainda não está pronto para ela. Nós do AgriHub, juntamente com o Senar-MT, temos analisado o nível de maturidade deles para podermos ajudá-los nesta jornada?, afirma.

*Sob supervisão de Luiz Patroni

FONTE: https://www.canalrural.com.br/programas/informacao/direto-ao-ponto/e-preciso-estar-preparado-para-tirar-o-melhor-proveito-das-boas-tecnologias/

Contato