Exportação segue puxando preços domésticos do boi gordo

16/09/2020

arroba do boi gordoarroba do boi gordo

Foto: Secretaria de Agricultura de São Paulo

Os preços do boi gordo voltaram a subir nas principais praças de produção e comercialização do Brasil nesta terça-feira, 15. “O ambiente de negócios não muda, com oferta restrita de animais terminados em grande parte do país, fator que dificulta a formação das escalas de abate dos frigoríficos”, diz o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias.

Segundo Iglesias, a demanda para animais que cumprem os requisitos de exportação à China segue muito aquecida, com ágio de cinco reais em relação aos animais destinados ao mercado doméstico. Com isso, as exportações permanecem em bom nível, com o voraz apetite chinês sendo o grande diferencial do ano para o setor carnes brasileiro.

Em São Paulo, Capital, os preços do mercado à vista ficaram em R$ 252 a arroba, ante R$ 250 a arroba na comparação com a segunda, 14. Em Uberaba (MG), os preços ficaram em R$ 249 a arroba, contra R$ 246 registrados na segunda. Em Dourados (MS), os valores recuaram de R$ 246 a arroba, para R$ 244. O mesmo aconteceu em Goiânia (GO), com preços passando de R$ 242 para R$ 240 a arroba. Já em Cuiabá (MT), o preço ficou em R$ 230 a arroba, ante R$ 227.

Atacado

No mercado atacadista, os preços da carne bovina seguem firmes. Conforme Iglesias, a tendência é que os preços continuem subindo, em linha com a boa reposição entre atacado e varejo. Já para a próxima semana espera-se uma reposição mais lenta diante do menor apelo ao consumo tradicional da segunda metade de cada mês.

Com isso, a ponta de agulha seguiu em R$ 14,10 o quilo. O corte dianteiro permaneceu em R$ 14,20 o quilo, e o corte traseiro continuou em R$ 17,70 o quilo.

Câmbio

O dólar comercial encerrou a sessão em alta de 0,24%, sendo negociado a R$ 5,2890 para venda e a R$ 5,2870 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,2210 e a máxima de R$ 5,3030.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/noticias/pecuaria/boi/exportacao-segue-puxando-precos-domesticos-do-boi-gordo/

Contato