‘Maioria dos produtores de soja da BA não sofreu com aumento dos custos’

22/12/2022

A Bahia deve semear soja em uma área de 1,8 milhão de hectares, com estimativa de produção em pouco mais de 7,033 milhões de toneladas. A produtividade média do estado é apontada em 3.720 kg por hectare (62 sacas), de acordo com a consultoria Safras & Mercado.

Segundo a vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), Carminha Missio, o estado já está em fase final de semeadura da oleaginosa e, também, iniciando a de algodão. Para ela, atender toda a cadeia produtiva é um dos grandes fatores de atenção dos agricultores.

“Enquanto produtores de soja, nos preocupamos que durante o processamento do grão possamos, além de exportar, gerando recursos para a União e o estado, também fomentar os pequenos produtores, ou seja, aqueles que produzem frangos, suínos, peixes para que o acesso da população a uma cesta básica, aos produtos básicos, seja mais fácil e acessível”.

Carminha acredita que alguns produtores baianos sofreram com o aumento dos custos de produção, mas a maioria deles já havia comprado antecipadamente o adubo e demais insumos. “Este ano temos uma segurança um pouco maior, mas nos preocupa muito os próximos anos”, diz.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/projeto-soja-brasil/maioria-produtores-soja-bahia-nao-sofreu-com-aumento-custos/

Contato