Pesquisa aponta como vive a população rural do DF

24/12/2022

O Instituto de Pesquisa Estatística do Distrito Federal (IPEDF) divulgou nesta semana os resultados preliminares da primeira Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílio (PDAD)-Rural. Segundo as informações levantadas, 58,66% dos moradores da área rural se caracterizam pelo perfil jovem com idade até 39 anos. Em relação à infraestrutura, 44,54% possuem iluminação pública. No caso do esgotamento sanitário, a Rede de Coleta Geral alcança 54,76% dos domicílios e 36,8% desse total utilizam fossa séptica. O abastecimento de energia elétrica atende 79,12% dos domicílios pesquisados, via rede geral. O uso de gambiarra foi detectado em 19,42% das residências. Em relação ao abastecimento de água, 32.20% dos domicílios são atendidos pela Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb).

A pesquisa amostral foi realizada em 208 comunidades rurais, abrangendo 69% do território distrital, 24 regiões administrativas e 4.716 domicílios. No total, 14.393 pessoas foram entrevistadas com o objetivo de conhecer a situação demográfica, a condição social e econômica da população residente em área rural, além das características do domicílio e as situações de infraestrutura no âmbito rural.

‘Vai garantir maior competitividade’, diz relator sobre projeto do autocontrole agropecuário 

 O levantamento também percebeu que a insegurança alimentar acometeu cerca de um terço dos domicílios entrevistados nos últimos três meses anteriores à entrevista, com maior incidência naqueles onde há menores de idade. Gama, São Sebastião e Ceilândia são as Regiões Administrativas mais procuradas por moradores das áreas rurais para compras referentes à alimentação, onde elas são feitas em RAs diferentes de onde moram. 

Outro dado expressivo foi o acesso à internet, que abrange 82,68% dos domicílios rurais entrevistados. Dentro da faixa etária entre 16 e 29 anos esse percentual sobe para 88,9%.

 Em relação à segurança pública, 34,85% da população percebe a presença do policiamento regular. Na rural, 84,34% dos moradores entrevistados são dependentes do Sistema Único de Saúde (SUS). Levando em conta as características de moradia, 19% das casas estão localizadas em condomínio, 77,51% fora de condomínio e 1,84% delas são barracos. Por fim, foi identificado que a maior parte das famílias é formada por casal com filhos.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/brasilia/pesquisa-aponta-como-vive-a-populacao-rural-do-df/

Contato