Previsão do tempo indica chuva com descargas elétricas e vento forte; veja onde!

30/06/2020

raio, previsão do tempo, chuva

Foto: Pixabay

Segunda-feira, 29

Sul

A chuva retorna ao Sul do país por conta de áreas de instabilidades que atuam entre o Paraguai e a Argentina. São esperadas chuva em forma de pancadas com trovoadas e acumulados maiores no oeste e norte do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A Somar Meteorologia alerta para ventos e mar agitado na costa gaúcha.

Por conta dessa instabilidade, os ventos passam novamente a soprar do quadrante norte, provocando leve aumento nas temperatura, minimizando um pouco o frio do fim de semana. No norte do Paraná, a condição para chuva é menor.

Sudeste

A segunda-feira começa com chances de chuva ainda no litoral norte do Rio de Janeiro, Zona da Mata mineira, no Espírito Santo e também no litoral e metade sul paulista por conta de novas instabilidades. Porém, as pancadas são rápidas e isoladas.

“Demais áreas com aberturas de sol e tardes em gradativa elevação das temperaturas. Chances de nevoeiro no leste paulista”, diz a Somar em boletim.

Centro-Oeste

O tempo firme volta a prevalecer em Mato Grosso do Sul mas com temperaturas amenas, a exceção é o extremo sul de estado onde algumas pancadas isoladas ainda podem ocorrer, também com temperaturas baixas.

Entre Mato Grosso e Goiás, a previsão é de tempo sem chuva, propício para diminuição da umidade relativa do ar e aumento dos índices de queimada.

Norte

A condição de tempo não muda na região Norte do país. Isso porque as instabilidades tropicais seguem atuando e provocando chuva principalmente na metade norte da região, incluindo Roraima e o Amapá. Já no Tocantins, a situação fica cada vez mais preocupante uma vez que o estado já registra muitos focos de queimadas e umidade do ar extremamente baixa.

Nordeste

Pouca coisa muda, uma vez que a chuva segue mais concentrada no leste nordestino e no extremo norte da região. A Somar Meteorologia diz que somente no sul da Bahia é que a chuva aumenta em volume. Por outro lado, o interior da Bahia e do Piauí são as áreas que mais preocupam em relação ao tempo seco, com baixa umidade relativa do ar e muitos focos de queimadas.

Terça-feira, 30

Sul

A chuva continua na região Sul e dessa vez ganhando intensidade entre o oeste e norte do Rio Grande do Sul até o sul do Paraná. Esses temporais serão provocados por áreas de baixa pressão atmosférica que darão origem à uma frente fria. Acumulados elevados são previstos entre o norte gaúcho, passando por todo o estado de Santa Catarina e sul do Paraná. Nestas áreas, a chuva ocorre a qualquer momento do dia, com altos volumes, descargas elétricas e ventos extremamente fortes.

Além dos vento, o mar fica muito agitado em toda a costa do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, com ondas superiores a 2.5 metros. Chove também no oeste gaúcho com trovoadas, mas menores acumulados.

Sudeste

O tempo firme volta a predominar entre Minas Gerais e Rio de Janeiro e grande parte de São Paulo, com exceção do sul paulista, onde novamente as instabilidades geram pancadas de chuva. A semana será de temperaturas amenas.

Centro-Oeste

Uma nova frente fria já se aproxima da região e o oeste e sul de Mato Grosso do Sul devem registrar chuva em forma de pancadas com chances para algumas trovoadas. As demais áreas do Centro-oeste seguem sob influência da massa de ar seco que deixa o tempo ensolarado.

Norte

A chuva diminui sobre o Acre e o tempo firme volta a prevalecer. Áreas entre o Tocantins, sul do Pará e do Amazonas continuam com tempo firme devido à presença da massa de ar seco. Nas demais áreas da região, o dia fica abafado com pancadas pontuais de chuva.

Nordeste

Na terça-feira, a chuva fica cada vez mais pontual sobre o Nordeste brasileiro, que ocorre em forma de pancadas entre o Rio Grande do Norte e sul da Bahia e no litoral do Maranhão. O tempo fica firme e ensolarado no Ceará e Piauí.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/noticias/tempo/previsao-tempo-chuva-descarga-eletrica-vento/

Contato