Quais os fatores devem impactar o mercado do milho na próxima semana? Confira as tendências

18/10/2020

sacas de milho em grãosacas de milho em grão

Foto: Ascom/ Seagri

Os preços do milho no mercado externo sobem cada vez mais com o avanço da colheita nos Estados Unidos. No entanto, a partir da próxima semana, a chuva deve impactar os trabalhos nas lavouras norte-americanas.

Acompanhe abaixo os fatos que deverão merecer a atenção do mercado de milho na próxima semana. As dicas são do analista da Safras Consultoria, Paulo Molinari.

  • No mercado externo, o milho surpreende com altas em plena colheita norte-americana;
  • Altas no trigo devido ao clima em alguns produtores mundiais ajudam o milho no  momento;
  • Altas no Brasil, na Argentina e na Ucrânia concentram demanda no milho norte-americano;
  • Não há qualquer movimento agressivo de compra por parte da China no mercado mundial;
  • Chuvas para as próximas duas semanas pode segurar ritmo de colheita nos EUA;
  • Os fatores de suporte no milho estão alinhados com o trigo neste momento;
  • O mercado interno está totalmente desajustado;
  • Atraso nas chuvas, câmbio firme, exportadores ainda no mercado e consumidores internos sem estoques aceleram o suporte de preços;
  • Mas, principalmente, preocupação do produtor com o atraso de plantio de verão e safrinha 2021 mais tardia contrai ainda mais a intenção de venda;
  • Volumes ofertados na semana não vão atendendo toda a demanda apesar de não haver escassez em nenhuma região. O milho está caro mas ainda há disponibilidade;
  • Chuvas ainda devem ser pontuais neste fechamento de outubro e a situação sugere melhorar para boa parte do pais em novembro;
  • Safra de soja mais tardia, safra de milho verão mais tardia e safrinha novamente mais tardia em 2021.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/milho/quais-os-fatores-devem-impactar-o-mercado-do-milho-na-proxima-semana-confira-as-tendencias/

Contato