Semana de chuvas fortes em diversas pontos do Brasil; confira a previsão do tempo

18/01/2023

Em grande parte do interior do Brasil, esta semana será marcada por uma condição típica de verão, com o calor e muita umidade, que devem contribuir para ocorrência de pancadas fortes de chuva preferencialmente no período da tarde. Dessa forma, estão previstos volumes de moderada a forte intensidade sobre áreas produtoras do interior do Sudeste e do Centro-Oeste.

Essas chuvas podem afetar momentaneamente e de forma pontual as atividades no campo, inclusive a colheita da soja em Mato Grosso. Mas não há previsão de períodos chuvosos prolongados.

Chuvas expressivas estão previstas sobre a faixa norte do Brasil, devido à atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). Estão previstos volumes altos de água no norte do Pará, Amapá e áreas entre Maranhão e Piauí. Nessas regiões os volumes de água podem ultrapassar 100 mm até o próximo fim de semana.

A chuva contribui para a manutenção da umidade no solo, mas pode trazer transtornos para as lavouras. No Maranhão, inclusive, isso pode ter impacto sobre o plantio do algodão.

Na região Sul, depois da chuva que trouxe um alívio para algumas áreas produtoras do Rio Grande do Sul, as instabilidades voltam a ficar concentradas em Santa Catarina e Paraná. Nessa área, uma área de baixa pressão atmosférica está ganhando força no oceano e começa a dar origem a um sistema frontal, que deve intensificar as chuvas.

Estiagem no Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, a expectativa para esta semana é de intensificação do tempo seco e bastante calor. As temperaturas vão se aproximar novamente de 40 °C no centro-oeste gaúcho até meados da semana.

O município de Arroio do Tigre, que está nessa região, entrou em estado de emergência por conta da estiagem. As perdas nas lavouras chegam a R$ 9 milhões.

A partir da metade da semana as instabilidades do Sul devem avançar em direção ao Sudeste, reforçando as chuvas entre São Paulo e Minas Gerais. Áreas entre a Alta Mogiana Paulista, sul e zona da Mata Mineira devem receber volumes superiores a 80 milímetros na segunda metade da semana.

Chuva na semana que vem

Na próxima semana, um corredor de umidade vai ganhar força no interior do Brasil. Estão previstas chuvas mais frequentes e com volumes mais expressivos no Sudeste, Centro-Oeste e Norte, incluindo algumas áreas do Matopiba. A chuva vai aumentar, inclusive, no oeste da Bahia.

Na região Sul, estão previstas chuvas moderadas na forma de pancadas entre o extremo norte do Rio Grande do Sul e o interior do Paraná. Mas, na maior parte do território gaúcho, a expectativa é apenas para chuva isolada, rápida e com baixos acumulados.

O calor deve continuar predominando no Rio Grande do Sul ao longo da próxima semana e deve abranger também áreas de Mato Grosso do Sul, especialmente o sul e o oeste do estado.

Já no interior do Sudeste e em partes de Goiás, as temperaturas voltam a diminuir, devido à condição de chuvas mais persistentes.

Virada do mês

Na virada do mês de janeiro para fevereiro, a chuva retorna à região Sul e deve abranger novamente grande parte do Rio Grande do Sul, beneficiando áreas produtoras do estado. Mas, novamente, os volumes maiores de água devem se concentrar mais ao norte da região Sul, atingindo preferencialmente Santa Catarina e Paraná, além de abranger grande parte dos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Na segunda semana do mês, as chuvas devem ganhar mais intensidade no interior do Centro-Oeste e podem impactar a fase da colheita da soja.

___________________

Canal Rural Clima: ouça o podcast diário sobre previsão do tempo e curiosidades meteorológicas. Apresentação de Pryscilla Paiva.

___________________

Saiba em primeira mão informações sobre agricultura, pecuária, economia e previsão do tempo. Clique aqui e siga o Canal Rural no Google News.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/noticias/tempo/semana-de-chuvas-fortes-em-diversas-pontos-do-brasil-confira-a-previsao-do-tempo/

Contato