Soja: chuva no Sul traz alívio, mas dificilmente água será retida no solo

14/01/2023

Os produtores de soja do Rio Grande do Sul que estavam preocupados com a falta de chuva podem ter um alívio. Isso porque desta sexta-feira (13) até domingo (15), a precipitação virá de maneira intensa por lá. No entanto, como a temperatura está alta em todo o estado e o solo não recebe água há tempos, a absorção do líquido nas lavouras não será significativa.

Além disso, rajadas de vento de até 70 km/h e granizo acompanham os volumes em terras gaúchas, que podem chegar a 50 mm até quarta-feira (18). Em Santa Catarina, Paraná e boa parte de Mato Grosso do Sul a chuva também será vigorosa.

Em Minas Gerais, como tem acontecido há tempos, os acumulados têm causado problemas. Mais de 215 municípios mineiros estão em situação de emergência por conta do excesso de chuva.

No Nordeste, tem chuva significativa no interior do Matopiba, o que pode contribuir para a expectativa de safra cheia de soja na região. No Norte, chove forte em quase todos os estados. Atenção especial para Tocantins e Pará, onde os volumes serão maiores, com até 70 mm.

FONTE: https://www.canalrural.com.br/projeto-soja-brasil/soja-chuva-rio-grande-do-sul-agua-retida-solo/

Contato